domingo, maio 24, 2009

Três Caras De Uma Mesma Moeda.

Especulemos juntos na seguinte linha.
Digamos que dispomos hoje de um capital para investir em alguma coisa. O leque de opções é o suficientemente grande como para que fiquemos entretidos por um bom e prolongado tempo.

O problema com o tempo, que é o único recurso infinito que conhecemos no universo, é que não temos a possibilidade de usufruir completamente dele. Isto é, nos somos finitos.


Colocada esta premissa de forma trágica, porem direta, continuemos na especulação.

Antes de sair por aí procurando novas oportunidades de investimento, penso que vale a pena olhar se aquelas empresas nas quais já possuímos investimentos não merecem receber um novo aporte de capital. A diversificação é algo sadio, porem em excesso é algo medíocre e confortável.


A primeira cara da moeda:

Ideiasnet: Os resultados do 1T09 não foram maravilhosos, nem muito menos nada para se orgulhar. O prejuízo de R$6 milhões, embora esperado por causa da queda nas vendas no varejo e da desaceleração da economia interna, foi no mínimo arrepiante.


O segmento de tecnologia no qual Ideiasnet atua, sofreu como outros segmentos sofrerão com a crise. Embora dentro do segmento de tecnologia encontremos resultados divergentes, com impactos diferentes.

Por um lado temos a Officer, responsável por 85,34% da Receita Liquida do trimestre (R$169,4 milhões) com uma margem de 2,3% de EBITDA . Isto significa que gerou R$3,896 milhões de lucros antes de impostos, depreciações e amortizações.

Em resumo: Muito dinheiro passa, pouco dinheiro fica. Normal, para um negocio focado na distribuição (neste caso de produtos de informática), como é a Officer.

Não vamos cuspir na principal empresa geradora de caixa do Holding!


Como já foi comprovado, o potencial bombástico e gerador de receita e margem que possuem outras empresas do portfól
io como por exemplo: Padtec e Imusica, é alentador.

Uma boa atitude da empresa foi a de apresentar uma nova forma de classificação das empresas que estão no portfólio, onde claramente se observa em qual estagio esta cada empresa e a qual segmento pertence. Cada segmento trabalha com margens bastante diferentes...




Se acreditarmos numa melhora constante e gradual nos próximos 3 trimestres do ano, sem duvida os resultados do ano fiscal de 2009 deveriam ser satisfatórios e empolgantes.

Mas, no âmbito dos investimentos, quanto menos deixemos livrado a fé, e quanto mais pragmáticos consigamos ser, mais chances de sucesso teremos no investimentos. Ao menos eu tenho fé nisto!



A segunda cara da moeda:
Num movimento atípico, ao menos assim foi para mim. Ideiasnet esta propondo fazer uma Redução de Capital Social. Isto soa ainda mais arrepiante que o prejuízo do 1T09. Na tentativa de esclarecer para mim e, obviamente compartilhar isto com vocês, foi que entrei em contato com Rodin Spielmann. Por email, respondeu:

1. O motivo da redução é para absorver a prejuízo de R$6 milhões, certo? Mas o impacto que isto pode ter nos investidores e na própria Ideiasnet, não esta claro para mim. Ideiasnet esta avaliando pagar para os investidores (proporcionalmente)? Se os prejuízos acumulados somam R$6, porque reduzir o capital em R$27?

O prejuízo acumulado de exercícios anteriores era justamente esse R$ 27 milhões, o fato de estarmos “zerando” essa conta é justamente para termos a possibilidade de começar a ter “Reserva de Lucro” e “Lucros Acumulados”.


2. Qual a vantagem/beneficio para Ideiasnet em fazer esta redução?
Caso geremos resultado positivo no ano, teremos uma conta de “Lucros Acumulado” e com isso poderemos pagar dividendos.

3. Entendo que o numero de ações em circulação será mantido, porem fico preocupado em qual o impacto que isto pode ter na cotação de IDNT? Francamente, nunca passei por uma situação similar.

O impacto deveria ser positivo na medida em que a Ideiasnet está demonstrando com ações contábeis (não há efetivamente nenhuma mudança no número de ações ou qualquer coisa do gênero) que está confiante na geração de resultados positivos a partir desse ano corrente.


A terceira cara da moeda:
Em tempo real as decisões não são tão obvias, isto é tendemos sempre a tentar diminuir ao máximo o nível de incertezas, mas as tentativas, ao final, não deixam de ser teses de investimento.


Podemos criar uma tese para Ideiasnet, outra para ALL, outra para Perdigão (agora a quase flamejante Brasil Food)... em definitiva podemos criar quantas teses achemos convenientes.

Evitar diversificar o investimento, neste momento, significa que nos obriga a fazer avaliações mas profundas de nossas próprias premissas. Isto é porque dividir o capital disponível para investir entre as 3 empresas citadas seria talvez uma saída confortável, mas ficaria evidente que estamos aceitando de certa forma nossa incapacidade de analise.

Boa Semana. Bons Negócios.

2 comentários:

LucasOliva disse...

Excelente o texto Carlos! Extremamente bem escrito e muito esclarecedor! Parabéns!

Mr. Garone disse...

Para não ter prejuízos:

Maio 2009

ECOD3
ESTR4
VAGV4

Carteira Semanal Mr.Garone


25 a 29/05


CGAS5
HOOT4*
MILK11**
VAGV4**
BTTL4