domingo, setembro 09, 2007

Warren Vargas

Historias como a de Warren Vargas, desconhecidas e comuns, sublimes e desgraçadas, aceitavelmente desesperadoras, às vezes trágicas, às vezes sinistras, sem um pingo de fortuna, mas com todo o azar nas costas, desumanas, mas não ou suficiente como para serem consideradas animais ou extraterrestres... Podem geralmente confundir-se com a historia de qualquer outro Warren Vargas.

Warren Vargas, cara leitora ou leitor, encaixa-se nesse tipo de historia na qual, você, dificilmente achará algum tipo de referencia no Google ou na Wikipedia. Talvez em algum blog, quem sabe...

Ele poderia ter sido presidente do Brasil, se tivesse chamado-se Getúlio; Ou pudesse também, ter sido o homem mais rico do mundo se seu pai levasse o sobrenome de Buffett. Porem, não poderia nunca ter sido o homem mais rico do mundo ao mesmo tempo que presidente do Brasil. Ou poderia?

Tudo bem. De qualquer forma, parte de sua historia plasmada nesta postagem de hoje, só vem a tona porque Warren Vargas foi, entre muitas outras coisas, um investidor como você ou como eu.

Sua historia envolve luta, persistência, tenacidade, coragem, entusiasmo, e qualquer outro adjetivo qualificativo que, no final das contas, tenha algum tipo de relação com fracasso. Ou beire suficientemente perto do fracasso como para que nem Hollywood se interesse em resumir sua existência num filme de 90 minutos.

Como investidor ele ganhou tanto dinheiro, quanto perdeu. Nem um centavo a mais, nem um centavo a menos.
Seu mérito talvez resida na incansável quantidade de vezes nas quais ficou rico para depois ficar pobre.

Como latino americano, em 1994 tinha investido grande parte de sua fortuna na bolsa do México e em 1995 sua fortuna foi dividida por 2, depois do Tequila.

Com o resto, partiu então para a região dos tigres asiáticos. E em 1997 e 1998 ele sofreou novamente com a crise e o default. Tinha dinheiro investido nas bolsas da Malásia, Indonésia, Tailândia, Coréia e Rússia. Quando estava quase nas vésperas de perder todo seu capital, decidiu corajosamente zerar suas posições nesses paises e trazer o que restava para o Brasil.
Infelizmente, a desvalorização do Real o pegou fazendo as contas dos benefícios das privatizações. E 1999 foi outro ano para esquecer.

Com algum trocado decidiu investir algumas fichas nas então hiper-atrativas empresas de alta tecnologia dos Estados Unidos. O resto dos trocados foram investidos em títulos em dólares do governo Argentino.
E como esta historia é mais recente no ano 2000 e 2001 Warren Vargas voltou ao inicio de sua aventura investidora.

Alguns amigos dizem que ele voltou. Esta fazendo negócios milionários no milionário mercado imobiliário americano.

Por favor, se você conhece a Warren Vargas, sabe onde ele mora, ou tem seu email, celular, telefone fixo, caixa postal, endereço no Orkut, message...
Agradeceria profundamente que me encaminha-se um email neste blog: http://stock-buster.blogspot.com/.

Antes, apague todo e qualquer resquício dele no seu computador. Pode ser que não tenhamos demasiado tempo...

Divirta-se.
Boa semana, Bons Negócios.

Um comentário:

Ismael disse...

Ehehe.
Warren Vargas Desastre.