domingo, fevereiro 01, 2009

Avaliação de Oportunidades

“A confiança aumenta com a velocidade de crescimento de um coqueiro, e diminui com a velocidade da queda de um coco”. (Montek S. Ahluwalia, vice-chairman da Comissão de Planejamento da índia em conferencia em Davos).

Como as chances de cometer algum erro nunca são nulas, é importante possuir um racional que argumente nossos passos.
Em primeiro lugar o exercício, pode ter certeza, ira aprofundar seus conhecimentos em investimentos e no negocio em questão.
Em segundo lugar, você irá aperfeiçoando seu método a ponto de torná-lo mais confiável para você mesmo. E isso é valiosíssimo.
E, em terceiro lugar, pode afastar o sentimento de culpa caso as coisas não dêem certo. (Isto é, ficará mais confortável e se sentira menos idiota; provando para você mesmo que o método ainda deve ser apurado).

Consideremos a pergunta: Quanto vale o negocio? Ou esta outra: Vale a pena entrar no negocio pagando um valor X? Que sabemos pode ter inúmeras respostas, e ainda pior, que podem variar dia após dia dependendo do humor do mercado.

Fazer uma compra no “achometro” é um erro muito mais comum repetidamente executado por um numero extraordinariamente grande de investidores. Entrar na onda de compras quando o mercado esta eufórico é outro. É necessário utilizar alguma ferramenta que, no mínimo, nos ajude a aproximar algum valor relativamente (é também questionavelmente) coerente.

Eis aqui um caso prático.

(clicar na imagem para aumentar)

Considerações importantes:
  • O Valor Patrimonial da Ação é obtido a partir da seguinte formula (VPA): (Patrimônio Liquido / Número total de Ações da Empresa);
  • Embora existem controvérsias em trabalhar diretamente com o valor do Patrimônio Liquido publicado no balanço. Isto se deve a que os ativos não necessariamente estejam representados por seus valores reais (ou de mercado). O que indudavelmente afetará o resultado final.
  • Como deverão ser considerados os valores em Pesquisa e Desenvolvimento? (como um ativo?) (qual seu valor?). Ou outro tipo de investimentos (incluindo os financeiros)?
  • Reservas de capital ou de inventario, podem ou não ser retiradas do ativo.
  • E os valores intangíveis? (como marcas, etc).
  • O valor da ação no quadro acima é o valor de fechamento de cada ano.
  • O VPA da Industria é o valor obtido do benchmark de empresas de setores similares do mercado americano.
  • O Preço Estimado da Ação é VPA 2008 * Media VPA. Considerando a Media da própria empresa e não da Industria.
  • No caso particular de Ideiasnet, obter o VPA da Industria resulta mais difícil devido a diversidade de empresas que compõem seu portfólio. (Internet, Varejo on-line, Comunicação, etc).
  • O investidor pode obter seu VPA para as mesmas ou outras empresas, pesquisando os balanços publicados.
  • Como Alexandre Póvoa menciona no seu livro Valuation, Como Precificar Ações. Os Indicadores têm valor em Conjunto. (Nunca podem ser avaliados issoladamente).
  • Alem do livro de Povoa, temos o livro de Security Analysis (Benjamin Graham), onde as vantagens e desvantagens da utilização deste indicador são expostas e analisadas em detalhe.
Tenho quase certeza que um número imensamente infinitesimal de investidores, tinham noção de qual o VPA da empresa que estavam adquirindo ações em Maio de 2008, quando o Índice Bovespa estava no seu máximo.

Para ser mais especifico, por exemplo, o 29/05/08 o valor de mercado da Perdigão era de R$11 bilhões versus um VPA que dava R$2,85 bilhões de valor da empresa.

Boa Semana, Bons Negócios.

2 comentários:

Eduardo R. disse...

Olá,

Stock como vai!? espero que melhor do que eu com essa crise toda rsrs... assim como você acredito (acreditava?!) muito em idnt3, e parece que me iludi totalmente o que perdi com esse ativo espero não se repetir com nenum outro rsrs

... bom mas o motivo que escrevo aqui hoje é pra dizer que estou lendo este livro que você mencionou do Povoa, no entanto estou achando muito difícil, talvez pelo fato dele não ser nem um pouco didático e abortar de forma massiva contabilidade... para falar a verdade estava tendo tanta dificuldade que pulei para o livro 'a meta' que é infinitamente mais didático rsrs... Gostaria de saber se esses valores que você traz no blog, preço ``justo`` para a ação são calculados conforme instrui o livro? Você mesmo os calcula? ... abcos

Stock Buster disse...

Eduardo R,

Entendo sua frustração em relação a IDNT (de certa forma também fico frustrado quando a ação fica teimosamente nos R$2).
Mas, acredito que não é o verdadeiro valor da empresa. O mercado esta precificando errado. (claro, que posso sempre estar 100% errado).

O Livro de Póvoa é realmente um pouco denso em alguns momentos. O capitulo que voce esta mencionado da contabilidade é especialmente mais denso que o resto. Mas é importante para voce ter uma base mínima de conhecimento contável para poder fazer suas analises.

Talvez você poda pular para o capitulo que fala sobre o método de Fluxo de Caixa Descontado, que é na minha opinião o mais importante.
Minha sugestão:
Entenda o método, pegue um caso pratico de alguma empresa que esteja no seu portolio e faza um valuation simples.
Tenho certeza que o livro se tornara util mais rapidamente.

Não se surpreenda se os melhores livros de investimentos muitas vezes são bem densos.

Mantemos contato,
Stock Buster.,