domingo, janeiro 04, 2009

99% Persistência.

Na primeira postagem de 2008 “Sofrendo 2008 (Pay per View)” escrevi que o ano que passou seria complicado. Na segunda postagem, “Melhores empresas para investir em 2008”, escrevi que a pergunta mais importante nesse momento não era qual a melhor empresa, mas sim Quando. Deixei claro que o timing faria toda a diferencia.

Doze meses depois aqui estamos novamente, machucados porem vivos.

O grande erro que cometi em 2008 foi o de ter entrado na onda de compras quando o índice Bovespa aranhava os 75.000 pontos (ou melhor deveria dizer, metros de altura). Foram as compras de alguns lotes de Ideiasnet que me levaram mais rapidamente para baixo quando o mercado despencou. (Mas foram compras feitas em Novembro de 2007).

Por incrível e paradoxal que possa parecer, continuo acreditando fortemente nesta empresa. Em 2008 efetuei unicamente 6 operações (ainda considero que foram muitas), e todas foram de compras. E foram compras de Ideiasnet!

Em perspectiva, e depois de verificar uma baixa de 40% na Bovespa, vender no topo do índice tivesse sido uma excelente escolha. Mesmo pagando os 15% de I.R....

Mas, escolhi deixar os pássaros voando em lugar de pegar o pássaro na mão.

Vou arriscar escrever que 2009 não será como 2008. Será melhor.
No atual cenário recessivo, o próximo passo deve ser sair desta maldita recessão.
Tem que diz que sairemos desta crise em 9 meses, tem quem diz que sairemos em 24 meses; existem ainda os que chutam 60 meses. Seja como for, não tenho dúvidas que o mercado irá melhorar muito antes que a economia real.

O índice fechou 2008 em 37.550, o que é muito baixo. As principais economias do mundo estão em recessão (U.S, Europa, Japão...), os juros estão na beira dos 0% ao ano, o valor dos commodities despencaram 50% e o do petróleo caiu 70% desde seu valor máximo de U$147.

Com tudo o Brasil tem grandes chances de sofrer uma desaceleração no crescimento da economia (no PIB), mas não uma recessão.

O índice do PIB/Capitalização Bursátil várias vezes publicado abordado neste blog, voltou aos valores considerados normais (e sadios). Lembrando que esse número oscila entre 30% e 50% do PIB.



A janela de compra a preços baixos irá continuar aberta por algum tempo, mas não será para sempre!

Em algum momento os feridos que hoje continuam longe do mercado porque continuam sangrando, começarão a voltar ao mercado puxando os preços para cima. O ideal seria voltar antes que eles.

Não desista. Seja persistente.

Boa Semana, Bons Negócios.
(Referencia PIB/Capitalização Bursátil, ler: Em Caso de Bolha Guarde Todos os Pregos).

3 comentários:

leila disse...

Olá.

Leio seu blog há quase um ano... Bastante pertinente seu texto...
Não podemos desistir... Se olharmos para trás, veremos que já passamos por situações beeeem piores... rs...

Slds

Leila

Stock Buster disse...

Leila,
Muito obrigado por seu comentário.
Com certeza a perseverança tem seus frutos...

mantemos contato,
Stock Buster.

Anônimo disse...

SEgue a noticia que saiu hoje no DCI.
Haja perseverança!!!!

Perdigão paralisa plantas e demite 233 pessoas

São Paulo - A Perdigão informou ontem que paralisará as atividades de duas unidades industriais - uma em Minas Gerais e outra no Rio Grande do Sul - , o que acarretará na demissão de 233 funcionários. O objetivo é reduzir custos e otimizar as operações. Em Minas, será desativada a unidade da Cotochés, no município de Rio Casca. Parte das atividades será direcionada para a fábrica de Sabará. No Rio Grande do Sul, será desativada em 31 de janeiro a unidade da Elegê.

Investidora Blink