domingo, outubro 05, 2008

Quatro Meses Depois...


Como questão de fato (diz
Jason Zweig), conforme olhamos para as diferentes variáveis econômicas, como por exemplo: juros, inflação, crescimento econômico, preço do petróleo e commodities, desemprego, déficit/superávit das contas do governo, dólar e outras moedas; podemos ter certeza de três coisas:
Primeiro, alguém sempre paga um caminhão de dinheiro para fazer algum tipo de predição sobre estas variáveis.
Segundo, ele não vai contar para nos, e não podemos sequer saber qual é a precisão de suas previsões ao longo do tempo.
Terceiro, se vamos investir com base em previsões desse tipo, susceptíveis de erro, seria algo similar a pagar um trocado para uma cigana, ou análogo, e seguir suas orientações como guia.

A grande frustração com as previsões econômicas é que parece bem claro que a analise deveria funcionar. Concorda?
Normalmente entendemos que quanto mais pratiquemos tênis, futebol ou esporte que você quiser, melhor deveríamos jogar. Porque deveria ser diferente com os investimentos?

É neste ponto e, no atual contexto do cenário econômico mundial, que resulta interessante nos projetar quatro meses para frente (5 de Fevereiro de 2009).

Nessa data podemos dizer com algum grau de certeza, que:
  1. O novo Presidente dos Estados Unidos (seja Barack Obama ou John MaCain) já terá assumido seu mandato de quatro anos. Vai assumir num momento crucial. Por um lado, terá que afrontar a maior crise financeira e econômica das ultimas décadas. Por outro, contará com o maior pacote de ajuda financeira já aprovado pelo Congresso Americano.
  2. Como o pacote foi aprovado nesta semana (3/10/08), terão transcorrido quatro meses nos quais as medidas propostas por Paulson-Bernanke serão testadas e aprimoradas.
  3. O COPOM terá realizado mais 3 reuniões. Qual será o nível da taxa SELIC? 14,25%? 14,75? 15,25? 13,75%?...
  4. Se o BC do Brasil continua aumentando os juros, seguramente isto vai refletir no consumo (bens de consumo), e na industria da construção. Por outro lado, o fato de que o crédito internacional para as empresas seja escasso vai inferir ainda mais na indisponibilidade de crédito para as pesoas físicas.
  5. É possível que a Bovespa não esteja mais no atual nível de 45.000 pontos? Se o plano de Paulson-Bernanke estiver dando certo, teremos uma melhora no valor do índice. Qual?
  6. O PIB Americano relacionado ao último trimestre de 2008 terá sido divulgado (O Brasileiro também). Se for negativo abrira a real possibilidade de que os americanos entrem em recessão. Caso contrario, restará saber qual o grau de desaceleração da economia e, logicamente, seu impacto no resto das economias do planeta. Uma desaceleração forte vai impactar no preço do petróleo e de commodities afetando ao Brasil. A recessão Americana vai impactar ainda mais forte às empresas exportadoras e produtoras de commodities (ex: Vale e Petrobras).
  7. ...De uma coisa podemos ter certeza. Faltarão 19 dias para o Carnaval 2009 (que será 24/2/09).
Penso que é importante, durante esta fase, não perder o foco. Isto é, se seu horizonte de investimentos continua sendo de 5 ou 10 anos, estamos diante de uma excelente oportunidade. Não deveríamos ficar nos lamentando porque não vendemos nossas ações no pico da euforia (erro 1).
Na mesma linha, não podemos nos dar o luxo de nos lamentar no futuro por não ter aproveitado devidamente estes momentos (erro 2).

Se tem empresas que estão anunciando recompra de ações (aproveitando o nível de preços de suas ações) como é o caso de Ideiasnet e ALL, não seria lucrativo trilhar o mesmo caminho?

“O Guia de Autodefesa do Investidor das Galáxias sugere, no caso que uma chuva de meteoritos atingir o mercado de valores o guarda-chuva não será suficiente defesa. Quebre seu porquinho, pegue as moedas e compre os destroços... O mercado sempre ressurge”.

Boa Semana, Bons Negócios.

5 comentários:

Anônimo disse...

Olá Stock Buster,

acompanho seu blog sempre e percebi que vc não atualizou-o referente ao mês de setembro....

Como anda a plantação?

Fred, o mesmo de maio 2008.

Stock Buster disse...

Olá Fred,
Estarei atualizando os valores da Plantação ainda nesta semana.
Mas, como pode imaginar, estão ruins.

mantemos contato,
abç,
Stock Buster.

Anônimo disse...

Como fica o valuation do IDNT3 agora?

Stock Buster disse...

Anônimo, O Valuation de IDNT não muda porque os fundamentos e premissas não faram alterados. Talvez poderiamos rever a previsão de crescimento das vendas para este ano e o próximo...

InvestidorLiso disse...

Olá Stock Buster,

como um investidor de idéiasNet como vc vê essa queda acentuada da acao ? Nao consigo entender tamanho pânico do mercado ? Teria alguma informacao de bastidores que a massa nao sabe ? Teriam eles também apostado numa valorizacao do real frente ao dólar ?

Também sou investidor em idéiasNet e simplismente nao consigo entender as premissas que levam a tamanha desvalorizacao.

abracos,