domingo, novembro 18, 2007

sE eU fOsSe rIco

Imagine uma música de Blues que você goste. Alias, seu Blues favorito acompanha muito bem a postagem de hoje... Pode colocar para tocar que aguardo aqui.

Na terça-feira estava relendo algumas velhas postagens quando encontrei esta do 11 de Outubro de 2006: Sempre há um novo arco-iris, que me deixou com uma idéia pipocando na mente. Claro, que como toda pedra que deve ser polida e/ou esculpida, não foi imediatamente que surgiu a idéia de hoje. Na quinta-feira do feriado, estava eu aí sentado lendo o suplemento de economia do Estado de São Paulo quando na página 23 descobri que um diamante foi vendido por u$16,2 milhões (ler nota aqui).

...A riqueza nos assombra desde que ganhamos nossos primeiros trocados e nos acompanha praticamente por toda nossa vida. Não podemos deixar que vire obsessão, e sim colocar-la como um objetivo de muito longo prazo que deve começar ser planejado no preciso e precioso instante no qual você se deteve para refletir o que você faria se fosse realmente rico.
Compraria um diamante de u$16 milhões talvez?

A maioria de nos, não pensamos seriamente o que faríamos se tivéssemos uma quantidade de dinheiro o suficientemente grande. Descartada a casa na praia, o carro de seus sonos, as viagens exóticas por tempo indeterminado, os anos de ociosidade, e algum que outro empreendimento, não conheço ainda ninguém que me fale com seriedade o que fará da sua vida o dia que o dinheiro deixe de ser um problema.
Eu tenho certeza que a pessoa que comprou essa obra de arte pela qual pagou u$16,2 milhões, dificilmente esteja errado na aquisição. Devem existir infinidades de motivos (ou no mínimo 16 milhões deles) que levarão ao senhor George Marciano a adquirir a pedra.

Podemos também pensar da seguinte forma: Independentemente de tratar-se de um caso extremo, pedras preciosas como esta ou obras de arte como um Picasso serão definitivamente a inversão mais segura de todas. Não existe crise do crédito hipotecário, recessão econômica, desvalorização da moeda, ou inflação que derrube este tipo de investimentos.
Desafortunadamente, ou afortunadamente, para ter acesso a este tipo de investimentos primeiro devemos possuir uma conta bancaria com mais do que seis zeros.

O mercado de arte movimenta bilhões de dólares pelo mundo. Você pode aspirar comprar um Picasso ou um Dali, e neste ponto voltamos à questão inicial da necessidade do dinheiro na conta. A obra “Muchacho com Pipa” se vendeu pela cifra recorde de u$104 milhões. A ultima pessoa em adquirir um quadro do Nova-iorquino Jackson Pollack (Obra Numero 5) foi o mexicano David Martinez, ele pagou a quantia de u$104 milhões.

Investir em obras de arte é uma arte!


Existem site especializados em acompanhar as cotações das obras produzidas pelos pintores mais famosos do mundo. Você pode dar uma olhada em PriceArt.com.
Não sou nenhum especialista em este tipo de investimento, embora já tenha dado meus primeiros passos adquirindo um quadro que gostei muito de um pintor Argentino, por enquanto pouco conhecido, chamado de Adria Alfandari.

Considero este tipo de investimento bastante interessante como investimento alternativo, basicamente por três motivos:

  1. A obra de arte irá decorar sua sala;
  2. Caso o artista alcance fama, o investimento pode ter um retorno altamente considerável;
  3. Caso nada de surreal aconteça, você continuará admirando aquele quadro que deixou você maravilhado... e pode ficar olhando e olhando...
Avalie melhor a próxima vez que visite uma pequena exposição de arte... Será que não vale a pena adquirir uma obra?

... Conheça mais sobre pintores Brasileiros aqui.
Boa Semana, Bons Negócios!

(nota: Vai pensando...)


2 comentários:

Vicente disse...

Maneira diferente de investir, nunca tinha pensado dessa forma bem interessante.
Vi que você investe na IDNT3, trabalho no ramo da tecnologia e comecei a investir faz pouco tempo... você acha que ela ainda rende mais para ano que vem? Comecei a investir faz só alguns meses com um amigo pois não tenho conta corrente e aplico quantias baixas por enquanto (agora que estou aprendendo não compensaria abrir um c/c pra aplicar e provavelmente ter prejuizos) e sempre balanceio entre 1 blue chip e um outro papél de menor valor (fiz isso com IGBR3 e agora com SANB4), mas ano que vem pretendo começar investir sozinho e to de olho na IDNT3

Stock Buster disse...

Olá Vicente,
Nada melhor que caminhar no próprio ritmo, assim é muito difícil se cansar, e mais difícil ainda nao conseguir desfrutar do percurso.

Eu pretendo continuar investindo na Ideiasnet. E em algumas das empresas do portfolio da Plantação. Qualquer movimento sempre é comunicado no blog.

Claro, que minha sugestão é sempre estudar a empresa, entender o negocio e avaliar se, para voce, é um bom investimento.

Mantemos contato,
abraços,
Stock Buster.